Golpe na verdade

Por Adalberto Piotto

Que raio de golpe é esse que a presidente vai a Nova York na quinta, discursa na ONU na sexta de manhã, passeia no Moma à tarde, dá entrevista logo depois, volta no sábado e reassume o cargo para chamar seu advogado, ops, o advogado da União, e ter conversas ao pé do ouvido em pleno domingão?

Dilma e sua tese doentia – igualmente maldosa e articulada -, do “golpe” que não existe estão providenciando a nova piada brasileira.

O Brasil é maior que tudo isso.

Tem de ser.

Deixe uma resposta